Notícias

MANTOVA apoia trabalho de estudo de viabilidade de exportação para a Costa Rica

Uma das maiores vantagens da exportação é possibilitar o confronto com outras realidades, outros concorrentes, outras exigências, e assim gerar uma maior competitividade de mercado.

As razões que levam uma empresa a tomar a decisão de exportar seus produtos podem ser diversas. Além da estratégia de atuação no mercado internacional ser focada no lucro e no crescimento da organização, também podem ser relacionadas as melhorias financeiras, marketing, status, qualidade e operacionalidade, redução de instabilidade, ampliação de mercado e economia de escala.

Incentivadora de novos projetos e estudos, a MANTOVA apoiou mais um trabalho de conclusão de curso (TCC). Para isso, o colaborador Cássio Felipe Romoaldo realizou o trabalho de conclusão do curso de Comércio Internacional da Universidade de Caxias do Sul (UCS) com o objetivo de estudar a viabilidade de exportação de tubos de Poliuretano para a Costa Rica.

Para a MANTOVA, que já atua com exportações, a estratégia de exportar seus produtos para um novo país é fundamental, tanto para o seu crescimento econômico, quanto para o fortalecimento da sua marca a nível mundial.

Utilizado em diversos setores industriais, os tubos de Poliuretano apresentam aplicação em diversos ambientes, como sistemas pneumáticos, sistemas hidráulicos, robótica, painéis de distribuição, dosadores e até em material esportivo.

Com os resultados obtidos no trabalho, se constatou que a Costa Rica é um país em desenvolvimento, com elevados investimentos estrangeiros e crescimento econômico na industrialização em diversos setores. Através do estudo do potencial econômico do país, se verificou que a viabilidade de exportação pode ser sucessiva e assim a prospecção de novos clientes no país se torna importante para as relações internacionais da MANTOVA.

Outras Notícias

Todas as Notícias